6.24.2009

2
Ora porra.

Pois a sardinha, a broa e o azeite esperaram. Ainda lá devem estar, saborozinhas, hmmm. Quem esperou fui eu e não levei nada.
Este ano foi ao contrário. Ver as marchas até vi ali da varanda. Sardinhinhas que é bom é que nada. Sardines. Snif. Eu andei não sei quantas semanas à espera das sardines ali na praça. Buáááá.


É tudo uma questão de karma. Em vez de ter 2 trabalhos para fazer entre 2ª e 5ª (desta semana), descobri hoje que afinal é só 1 (ainda bem, que os neurónios já estavam a entrar em estado de decomposição precoce). Ainda me entusiasmei com o outro, fui dar um giro até à cidade, etc e tal. Fiquei toda contente. Dei pulos de contentamento, até (pulos, não puns como o Bruno Nogueira). Pois claro que, para equilibrar as coisas (tudo uma questão de karma, portanto), algo tinha de vir. E depois de tantas semanas de entusiasmo e de espera por 3 dos momentos altos da festança (leia-se, a malta do curral de moinas ontem, a sardinhada hoje e o belo fogo de artifício de amanhã, sendo que as duas últimas são sempre as minhas partes favoritas e imperdíveis), eis que não fui/vou a nenhum deles. Deve ser castigo por só estudar no dia antes do exame, ou no próprio dia, ou estudar pouco/quase nada e adiar tudo para a última. Mas senhor God, eu tenho boas notas na mesma..! Merecia as dear sardines... Nem que fosse para animar para o último exame!

E agora vou ali deprimir um bocadinho, que ainda é um cheiro a sardinha assada na rua que não se pode para quem anda com desejos como eu. Sardineeeees de S. João, eu queria :(




Para o ano há mais.

2 Pessoas leram e ainda comentaram!

Morena disse...

Pelos vistos Deus está atento à sua pessoa.ihih

LP disse...

Podias ter-me dito que eu comia sardinhas para ti. O azar é que nem fui festejar o S. João e muito menos gosto de sardinhas...