9.11.2009

3
hihihi este é o post 69 de 2009 hihihi (crianças, pá!)

1º: Adwhere were you in 9/11? Bem, adonde estava eu? A minha pessoa estava sentadinha no sofá da avó, à hora de almoço, a apreciar em directo (e com cara de parva) o aparato, incluindo a segunda torre gémea a levar com um bonito avião em cima.

2º: Melh02_1024x768or. Filme. Do ano. Inglourious Basterds, do mestre Tarantino. Ide ver, minha gente, ide ver. A correr, a saltar por cima e a pisar as pessoas da fila, e a chegar à frente, qual primeiro dia do lançamento oficial de um Harry Potter numa megastore da China. Ide e aprendei. Tem sangue a esguichar por todos os lados (“And I want my scalps!”), cabeças partidas com tacos de basebol (não era suposto dizer isto em púb01_1024x768lico, mas eu tenho um que diz anestesia rápida e tudo), muitos tiros, cinemas a arder (vá, é só um), um Brad Pitt a falar italiano com sotaque do Tennessee ("Ari-vederci!"), tem Basterds com ar de pitbull, um Hitler que é a cara do chapada do Herman José, um Cristoph Waltz em grande de tão cínico que é e até tem um Basterd que já fez de polizei-dono-do-Rex,o-cão-polícia. Tem um formato que é o Tarantino em pessoa, incluindo a bela da banda sonora assustadora. Ide ver, meu povo, ide que vale bem o dinheiro do bilhete.

3º: Ideias sádicas. A excelentíssima senhora minha pessoa está de malas e bagagens no mestrado bolonhês em Psicologia Forense (oh yeah e ora tomem lá morangos que quem manda aqui sou eu). E tenciona, no futuro, estagiar na prisão. Ora tudo isto para aprender com os melhores. E estou a falar dos presos, obviamente. Que eu ainda não desisti de me vir a tornar serial killer. E a sério que o método dos Basterds me agradou...

3 Pessoas leram e ainda comentaram!

JP disse...

Finalmente!
Depois de tantas promessas adiadas - férias prá qui, férias prá li - e não cumpridas (nem os políticos fariam melhor: isto terá que ver com a campanha eleitoral?)eis se não quando, surgindo do fundo de nada, se fez uma estrada de luz (ideias):
E a "luz" salpica uma casinha gira, simpática, que nos intima, nos convence e nos convida a divagar sobre as "luzes" árdua e por vezes brilhantemente meditadas pela redezinha.

"excelentíssima senhora que está de malas e bagens no mestrado bolonhês em psicologia forense": vem vinda de novo ao nosso convívio, faça o favor de escrever, divirta-se e divirta-nos a nós também...
jinhos...

LP disse...

1º também estava em casa da minha avó. Porém aquilo era uma chatice porque tanto eu como o meu irmão queríamos ver os desenhos animados!

2º Brad Pitt a falar italiano? Pára tudo!

3º Sabes que te apoio nessa vida criminosa, e com sorte, mas mesmo muita sorte, mas é que carrega no muito, conheces por lá um Scofield! ;)

4º e mais importante: ESTE BLOG ESTÁ UMA MARAVILHA! ADOREI!

I. disse...

1- estava numa praia sem rede de telemóvel. quando cheguei a casa, já tinham caído as torres, e fiquei de cara à banda.

2- é tudo o que dizes e mais! e notaste que o nazi SS da tasca era o rapazito do Goodbye Lenin? achei lindo ele ir buscar actores ólimães. que ao menos falam ólimão como deve ser. idem para os franceses.

3-muita, muita boa sorte. adoro essa área (sou de direito, e já fiz um cursinho de psicologia judiciária). prepara-te que a área prisional é cheia de desafios, e muito pouco emprego (aquilo é uma capelinha, e parece que se investe pouco em reabilitação. depois admiram-se da elevada reincidência...). mas um excelente terreno para aprender umas coisas. tipo, é uma caderneta de psicopatias... mas serial killers, temos poucos. aqui é mais serial larápios.