11.30.2009

5
Pensem comigo:


Vizinha: morena.
Marido da vizinha: muito moreno.
Filho mais velho dos vizinhos: moreníssimo.
Filho mais novo dos vizinhos: quase albino de tão louro que é.

E a questão relevante que eu acho que se deve colocar aqui é:
Será filho do padeiro, do Sr. da Tv Cabo ou será adoptado…?


Acho que este puto é capaz de levar a peito se o irmão algum dia lhe resolver dizer que ele foi encontrado no caixote do lixo ou que o deixaram numa alcofa lá à porta de casa...


(não tivesse tido eu aulinhas sobre alelos de genes recessivos e coisas fofinhas do género e poderia levantar aqui um falso testemunho contra a família vizinha…)

11.26.2009

1
Não se devem enganar assim as pessoas.

Uma pessoa é respeitadora.
Cumpre os semáforos.
Vê o laranja, afrouxa e pára.
Forma-se uma fila bonita atrás dessa pessoa, tudo parado no semáforo.
Fica-se a olhar para o bonequinho verde dos peões.
Espera-se nem dois minutos.
Vai-se a ver e já está verde.
Avança-se.
Uma pessoa preocupa-se porque nem tinha reparado que já estava verde e avança logo com receio da bela apitadela no cu do bolinhas.
Olha-se pelo retrovisor e todo o mundo ficou parado no semáforo.
Não há mais ninguém na estrada.

Conclusão brilhante número um: o semáforo estava verde ou vermelho?! A pessoa já nem sabe! Tão centrada no peãozinho verde, pode-se ter confundido!! E demorou tão pouco tempo no vermelho, ainda não podia ter passado para verde!! Como é que a pessoa viu que estava verde se não podia estar verde?!! A pessoa está taralhoca ou daltónica, uma coisa ou outra.

A pessoa vê que o semáforo do sentido oposto estava verde, sinal de que o seu também estaria verde.
Ainda assim, vai o caminho todo a pensar se passou ou não o sinal vermelho.

Conclusão brilhante número dois: o estupor do carro que ia atrás da pessoa foi abaixo a arrancar no semáforo, e claramente que tudo foi propositado para a pessoa da frente pensar que tinha passado o sinal vermelho porque só ela avançou e toda uma fila de carros ficou parada no semáforo.


Podia não ser essa a ideia do carro perseguidor. Mas eu sou capaz de a aproveitar. Deu resultado.

11.23.2009

2
Um conto de Natal (ou "Red e a mãe ligeiramente narcisista")

_ A nossa árvore não está tão gira?
_ Sim, mãe...
_ E pisca toda, com tantas corzinhas...
_ Vá, são só quatro cores, mas sim, está muito fixe...
_ Devíamos ir lá abaixo ver como é que ela está.
_ Ainda agora tu vens da rua!!
_ Pois, mas ainda não tinha posto aquelas luzinhas a mais...
_ Oh meu Deus. Medo.
_ Não queres mesmo ir lá abaixo ao lixo...?
_ Oh mãe vou agora lá para baixo ver a árvore!!!
_ Mas só ver se está bem...
_ Sim, mãe, 'bora lá arranjar 15 minutos de adoração diária à árvore. Todos os dias às 9 da noite vamos de robe lá para baixo para o passeio, como se tivéssemos ido despejar o lixo, e ficamos a olhar para a árvore em estado de contemplação puro. E depois, como quem não quer a coisa e como se fôssemos umas vizinhas quaisquer, comentamos para as outras pessoas que passam ouvirem que "aaah que árvore tão linda... tão bonita que ela está, não se vê outra assim por aí!". E ficamos feitas parvas a olhar cá para cima. São 15 minutos à Benfica, todos os dias a adorar a árvore.
_ E nem era mal pensado...
_ ...E podíamos promover excursões! Desde que deixassem uma moedinha no pote do presépio.
_ Mas a gente nem tem presépio!
_ Olha fazia-se!
_ Oh. Parva. Bem deixa-me é ir fazer o meu crochet. Mas ora porra, assim tenho de ligar a luz! E depois não se vê bem a árvore!!!
_ Oh meu Deus...



(A minha não é esta mas está, efectivamente, mesmo gira. E menos gorda que esta.)

11.20.2009

5
Devemos começar a pensar na imagem que transmitimos aos outros quando…

(Só uma das alíneas é a correcta)

a) Compramos roupa
b) Nos apetece aparvalhar um bocado. Em público.
c) Admitimos que somos do Sporting
d) No nosso aniversário, as nossas amigas nos dão um livro sobre pedófilos, violadores, sádicos e outros bichos do género.



Ah e tal “e o que é que te deram?”
“Deram-me um pijama, uns brincos e uma carteira… e a ti?”
“Um livro sobre pedófilos… e eu gostei…"

11.18.2009

0
Quero uns óculos daqueles.

tira-27-08-2009-web1

11.14.2009

4
Happy Birthday to meee.

Digamos que se eu quero um bolo, tenho de ser eu a fazê-lo. Por isso sai uma tarte de amêndoa para soprar um fósforo!

11.11.2009

1
Lençóis BiPolares: numa cama perto de si.


Bipolares: pelo menos é o que a minha mãe acha que eles são. Não lhes chega serem polares, ainda são bi. Mas nada de preconceitos, doença mental não é crime, muito menos em lençóis. Realmente eles ora estão frios, ora já estão quentes.

Só da minha mãe.

Mas eu até gosto de inovar e aproveitar boas ideias, e a coisa podia dar para o negócio! Uma marca de lençóis polares. Porque lençóis polares são todos aqueles que vá, são polares, né, e haja algo que os distinga. Eu cá não conheço marcas de lençóis polares, e "bipolares" fica no ouvido!

Até parece que já estou a ver o anúncio, daqueles em que metem um casal sossegado numa cama quentinha e de repente chega lá o raio da criancinha irrequieta que salta para cima da cama deles e se deita por cima dos lençóis, enquanto uma voz-off tranquila diz: "Lençóis bipolares, os lençóis que aquecem dos dois lados!"

Pronto, agora vou só ali registar a patente e já volto.


(E é assim que grandes calinadas dão dinheiro. É mais ou menos o mesmo processo de não saber pontuar frases e ganhar prémio Nobel da literatura. Vá-se lá saber quem é que faz uma coisa dessas...)


(Polar por polar eu cá gosto mais destes...)

11.06.2009

1
O IVA já sabe quem é o novo treinador do sporting e sim, continua a ser deprimente...


0
Hoje só há posts deprimentes.

IVA

Sporting vende naming do banco de suplentes a agência funerária Servilusa

«"Afinal nem tudo corre mal ao Sporting. O mau momento da equipa de Alvalade chamou atenção da agência funerária Servilusa que fez uma proposta irrecusável para dar o nome/patrocinar o banco de suplentes dos leões no Alvalade XXI. Assim, no próximo jogo a equipa técnica e suplentes já se vão sentar no “banco servilusa. Consigo nos momentos difíceis”. IVA falou com Adriano Covinhas da Servilusa que nos explicou esta iniciativa: “Neste momento quem melhor que Paulo Bento a enterrar uma equipa? Exactamente, foi esse o nosso raciocínio. E por isso pretendemos ligar a imagem do treinador do Sporting aos nossos serviços.” IVA sabe que este patrocínio vai também envolver um novo serviço para aqueles que estão mais descontentes com as exibições e que desejam deixar de ser sócios do Sporting. Estes vão poder optar pela modalidade “funeral de sócio” e por apenas 30€ terão direito a um pequeno caixão para o cartão de sócio que será enterrado na área técnica reservada ao treinador junto ao “banco Servilusa”.»

1
O dia-a-dia da vizinhança de um abusador sexual de criancinhas:


_ O abusador está na varanda...
_ Ah é aquele?
_ É sim... Ele continua lá com as plantas, mesmo depois do condomínio ter mandado tirar aquela selva! Às tantas era para espreitar melhor as vizinhas!

...

_ Olhe eu ontem vi fulano-de-tal em Coimbra! Então mas ele pode andar por aí?!
_ Pode, que ele só tem termo de identidade e residência... Tem é de ir à GNR todos os dias!

...

_ Ainda em tal-dia ele saiu com a mulher...
_ Coitada dela, há-de cá ter sido um desgosto...
_ Pois eu nunca mais a vi...
_ E eu não o tinha voltado a ver desde que a PJ veio aí!

...

_ Olhe é aquele que ali vai na rua!!
_ O que será que ele leva naquele saco..?
_ Era onde ele levava os rebuçados para dar às meninas!!!

...

_ Você não está a falar a sério, não foi o meu vizinho...
_ Estou pois! Acha que isso é coisa com que se brinque?! As miúdas eram as filhas de fulano-e-sicrana!
_ Então ele até me vinha visitar e tudo...!

...

_ Porco de homem, era cortar-lhe a pila!!!

...

_Está ali o pai da não-sei-quantas à janela...
_ Eu não sei como é que ele não vai lá a casa e não mata o homem!

...

_ Diz que o pedófilo já tinha tentado aliciar a não-sei-quantos também!!!
_ Mas essa já é velha!
_ Pois, vejam lá, quem é que vai entender a cabeça destes homens nojentos...

...


E a vizinhança nunca mais voltaria a ser a mesma.

E só não andam em cima do senhor para ver quando é que ele vai fazer xixi porque não podem, senão andavam! E talvez aproveitassem esse momento para lhe cortar qualquer coisinha, que a malta não é nada meiga com estas coisas, não...

11.04.2009

5
Oh. Meu. Deus. Como diria a minha avó, "está o mundo perdido"!


Primeiro vem-se no comboio a ouvir um homenzinho cantar sem vergonha nenhuma "quem é o gostosão daqui, sou eu sou eu sou eu".

Se só por si isto já é perturbador, então quando se está a ler bibliografia de crimes sexuais para um trabalho sobre pedofilia...


Depois chega-se a casa e descobre-se que, na santa terrinha (e vizinho da famelga, vejam lá!), também há coisas dessas:

Daqui concluo que mal preciso de sair de casa para arranjar objectos de estudo. Óptimo, que a gasolina está cara.

11.01.2009

3
Por falar em bola, eu cá acho que sou do Sporting errado...


Imagem gentilmente (ou não) cedida por Rudolph, the rednose reindeer.

Tenho de ensinar o meu pai a pentear o cabelo para trás e pronto, fica igual.
E a cara de mau dele também não fica nada atrás...