12.13.2009

1
São eles e o Saramago.


Os médicos são, oficialmente (decreto eu já aqui), dos profissionais mais enriquecedores da nossa tão nobre língua. Os melhores inventores de palavras extraordinariamente grandes e, vá, estúpidas um bocado para o desnecessárias .

Como há terminologias demasiado simples, toca de criar palavras onde caiba o maior número de sílabas possível.

Realmente, quem é o simplório que quer referir-se ao acto de enfiar-um-tubo-pela-goela-abaixo como "endoscopia alta" quando lhe pode chamar esofagogastroduodenoscopia?

1 Pessoa leu e ainda comentou!

im disse...

A isso chama-se a "mania da grandiosidade"...

Beijos