3.14.2010

5
E, ao primeiro fim-de-semaninha de sol radiante, a Red constipou-se.


A ruindade não quer muito com doenças, mas eu tenho o condão de ficar doente exactamente quando menos posso ficar doente. Não é que noutras alturas esteja mais disponível, no thanks, mas agora é que não dava mesmo jeito nenhum tossir um pulmão para fora ou ter a garganta em ferida. Not. E, como tenho menos de uma semana para a curar, eis a lista:

analgésico
anti-inflamatório
xarope de mel e limão (e aguardente, que a minha mãe não brinca em serviço)
pastilhas para a garganta
leitinho com mel de manhã
suminho de laranja natural para vitaminar a coisa
gemadinha com vinho do Porto

Creio que estou a atacar em todas as frentes possíveis (a ver se a coisa lá vai sem antibiótico, que eu cá não gosto dessas coisas). E pronto, era só isto. Acho que estou a ficar hipocondríaca. Ou então é só uma desculpa para o álcool. Ai que saudades que eu tinha das gemadinhas de vinho do Porto da avó!!! Desde tenra idade que ela me introduziu a essas artes. Essa até foi, provavelmente, a minha primeira experiência com o mundo das bebidas alcoólicas!!! Quando até a avó nos leva por esses caminhos, o mundo só pode, de facto, estar perdido...

5 Pessoas leram e ainda comentaram!

Flora Neves disse...

come um crepe que isso passa.

I. disse...

Caraças, que azar. As melhoras!
Eu já ando a dose de sumo de laranja e cenoura, um copinho todas as manhãs. Agora não posso adoecer, com férias daqui a quinze dias! Nestas alturas ficou muito hipocondríaca, fico, fico.

Red disse...

um crepe com gelado cura tudo. até uma garganta lixada. os opostos atraem-se!!! xD

LP disse...

Pensei que pessoas com genes de ruindade fossem imunes!

Alguém disse...

LOL carrega-lhe no álcool! Quanto mais melhor! ;-)