3.05.2010

3
Uns morrem, outros ficam assim e outros vão para o Benfica...


RED apresenta,

O sonho não de uma noite de verão, mas o mais estapafúrdio de tod'ó sempre.
(e oh que eu já tive vários sonhos psicadélicos altamente idiotas e até vários tipos de pesadelo com aranhas!)

A minha prima Li, que não faz mal a uma mosca, encontra um saco transparente de 2 ou 3 kg de farinha que o J. deixou cair e vem ter comigo.
Eu tenho uma epifania e descortino que aquilo é... droga!!!! (apesar de meio amarelado)
Li desata num desespero, que se aquilo é droga o que raio vamos nós fazer? E se nos apanharem o que dizemos?!!
Eu tenho a brilhante ideia de irmos à polícia entregar aquele sacalhão de droga, dizendo que não é nosso, que o encontrámos na rua, que é do tal J.
(Claro que andar com o sacalhão transparente de 2 ou 3kg de droga pela santa terrinha era perfeitamente inocente. E passava despercebido.)
Nem sei bem como, só sei que acabámos por encontrar esse J. na rua e devolvemos-lhe o saco. E encontrámo-lo ao pé da passagem de nível do comboio, sendo que me lembro perfeitamente do pormenor de lhe darmos o saco por um daqueles buracos redondos habituais nos muros da CP.

E pronto.

Não tinha bebido sangria, o Kill Bill não mete droga à mistura e eu também não ando a mandar para a veia. Mal falo com o J., um rapaz da santa terrinha que eu raramente vejo, que não tenho visto recentemente e de quem nunca me lembro na vida. E a minha prima dealer só se for no poker. Ah, e ainda gostava de saber como é que tive a brilhante epifania de saber que aquele pó branco sujo/ amarelado era droga. Será que provei..? Será que sei como sabe? 2 ou 3kg dariam para muuuuita dose. Em vez de ter sonhado com devolver coisas através de buracos em muros, podia ter pensado em lucrar com a coisa e tornar-me dealer profissional.

Bebe menos, Joana, bebe menos. Às tantas o álcool fica mais tempo no sangue do que o que diz o livro do código da estrada...


P.S.: Gosto especialmente do pormenor do saco ser transparente. E cheio. E de termos devolvido a droga através de um dos buracos redondos do muro da CP. Esta última imagem consegue estar mais gravada na minha mente do que a imagem do José Cid nu com o disco a tapar-lhe as intimidades - e graças a Deus!!!!.

3 Pessoas leram e ainda comentaram!

Mariana & Roberta disse...

LOOOOOOOOOOOOOL...amei esta história...muito bem senhora j., mas segue o teu próprio conselho e bebe menos!!

Flora Neves disse...

era so açucar amarelo do doce mel :S

R disse...

LOOOOL, ADOROOOOO SONHOS !! *.* a forma mais linda de representar toda a estupidez que nos vai na alma! x)