4.08.2010

6
Vocês sabem que eu gosto de fazer as melhores reviews sobre estes acontecimentos académicos.


Hoje vi conferências das jornadas multidisciplinares da santa faculdade. E vi também o Alvim de pijama, às 10 da manhã.

Minto.

Hoje vi o Alvim de robe bordeaux, chique como ele só (ou não), acabado de acordar e com tamanha cara de estremunhado que faz frente ao meu apêndice.

Pronto, e era só isto.

Aaaaah, não era nada.

Não só de pijama e estremunhado (improvisação é bom e eu gosto!), como também a cantarolar "diga bom dia com mokambo", enquanto a malta tentava ligar o pc ao projector para pô-lo em contacto com a plateia via skype, ele lá em casinha dele e a malta no auditório da reitoria da UC.

Vivam as novas tecnologias, portanto. Saber de conferências pelo facebucas (finalmente encontro utilidade naquilo), conferenciar com o Alvim através do Skype... Aliás, também pela influência das novas tecnologias quase senti que estava na televisão. Isso aconteceu quando vi o Dr. Quintino Aires e o Hernâni Carvalho juntos ali naquele auditório. Senti-me logo no programa do Goucha. Por momentos tive, até, receio de ouvir os guinchos da Cristina Ferreira atrás de mim. Mas não, foi só o susto. Mas não levem a mal, eu até gosto de ouvir falar o Dr. Quintino Aires! Sobretudo porque há sempre alguém da mesa com quem ele manda vir, e hoje não foi excepção. Qualquer dia faço um negócio de apostas ainda antes do senhor chegar: "desta mesa, com quem achas que ele se vai pegar hoje?". Pode render, que é imprevisível, mas é certinho.

Mas vá, posso ser ruim e querer fazer apostas com os instintos agressivos dos outros, mas ao menos não sou como a R. (eu não vou aqui dizer quem és, Roberta...), que vê o Doutor Pinto da Costa por trás e confunde-o com o sem-abrigo das Químicas. Não bebas, rafaela, não bebas que isso mata neurónios. Coitado do homem. É o meu ídolo. Já não casava com ele, que o Duarte Nuno Vieira é mais novinho e é o maior, mas ainda assim o Pinto da Costa é um espectáculo. Obviamente que estou a falar do Doutor Pinto da Costa, o médico-legista, o fixe, o sábio de humor acutilante, e não do seu irmão, o sujeito que qualquer dia é encontrado morto não numa valeta mas num túnel (o orelhas pode ser pacífico, mas os no name não são... heheheh); com esse eu só conseguiria estar 30 minutos a ouvi-lo sugadita se fosse para, no fim, poder dar-lhe 3 tiros com a minha carabina, de preferência em sítios dolorosos e não letais (amiga, que eu sou).

E pronto, esta é a review das jornadas deste ano. Só falta mesmo falar da activação dos meus esquemas bullys por uma sótôra (deve ser deve) que foi, exactamente, falar de bullying. Tanto a moçoila falou que eu já nem estava em mim, prestes a ir-lhe à boca ver se ela se calava que já me estava a irritar profundamente. Credo, que nem deixava falar ninguém nem dizia nadinha que se aproveitasse. Quando for grande também vou dar conferências "porque tipo". Coiso. Ya. ... Todo um instinto homicida activado em mim, portanto. Fofa, eu.

6 Pessoas leram e ainda comentaram!

Miauuu disse...

Escritora do caraças!

Sim senhora!

Gosto muito do seu blog!


Parabéns!

LP disse...

É destas postas que uma pessoa gosta!

Gostei da ideia da carabina... e mais, arrisco-me a dizer até os NN à tua beira são uns santinhos!

(agora vou só recompor-me. estou chocada com o efeito do miar. tipo, wtf?)

Dryn@ disse...

LOL
Red'zinha, adorei este post sem duvida dos melhores!
Ah Dr. Quintino Aires aquele homem é um sábio!

x'D

Boa reflecção :)

RobertaFrontini disse...

Ora bem...eu tinha cá vir comentar este post :)

Relativamente ao beber, sabes bem que eu não sou dessas...eu não bebo (excepção feita à queima). De qualquer forma, senhora dona Red, não tenho culpa que o senhor Pinto da Costa estivesse sentado numa cadeira quase a dormir, e assim que m viu a entrar na porta ficou sobressaltado e cumprimentou-me. Eu, que já ía atrasada porque fui à aula (sim, eu não falto às aulas para ir às conferências como certas pessoas), vejo um homem de barbas brancas, assustado por ter sido apanhado a dormitar, só podia pensar que fosse um sem abrigo. É a vida...

De qualquer forma, de referir que a moda do Rafaela já está a pegar e com força. Primeiro o ilustre Doutor Daniel Rijo, depois o meu colega Sérgio, e agora também tu RED? Estou muito desapontada... ps. de qualquer forma, confesso que se ouço chamar Rafaela na rua, já me viro para trás :)

Miauuu disse...

Coincidências da vida, estive com o Dr. Pinto da Costa no sábado...

Dryn@ disse...

Roberta as tuas confissoes q bonito :D, afinal es tu e dita cuja autora do sem abrigo xD

Da proxima vez que te vir vai ser rafaela tmb x'D