6.25.2010

Surreal. That's how grief is.

6.13.2010

11.06.2010.



Oh where oh where can my brother be?
The Lord took him away from me
He's gone to heaven so I've got to be good
So I can see my brother when I leave this world


O blog está fechado por tempo indeterminado.

6.07.2010

7
Amei a ideia. De paixão, mesmo.



Em breve, num mundo real perto de si, mulheres que matam aranhas só com o olhar.

Gostei da sugestão. Vou já começar a treinar. Mas a distância a que o George Clooney está é capaz de ser curta demais p'ra mim... Não vá o diabo tecê-las, já que algumas espécies de aranhas podem ter 8 olhos e eu só tenho 2...

6.05.2010

3
Mas que o mundo está perdido já a gente sabe.


Estava a ler umas postas velhas, como uma em que dizia...

... Mas vá, não se assustem, o caso não é assim tão grave. Ainda não cheguei ao ponto de pintar as unhas dos pés. Nem usar argolas/poleiros de periquitos nas orelhas. Aí sim, atingirei o fundo. Cruzes.

..., enquanto observava as minhas vermelhuscas unhas dos pés. Mas acho que bater no fundo eram só as argolas de periquito.
Hum... Pois, deve ser.

6.03.2010

4
Estou a entrar em summer mode. Ou summer mood, como preferirem.




Saem uns Wayfarer vermelhuscos e uns Jackie Ohh (ou óculos-versão-Amália) branquinhos aqui p'ra Red.
Pela mão do apêndice, claro está, transformado num autêntico homem de negócios - que é como quem diz, num belo d'um gatuno, ou não fosse o dito advogado-estagiário.


Porque o Verão não se faz só de cerejas e férias e morangos e gelatina-de-ananás e experimentar-sushi e praia e sol e all-stars e rabo-de-cavalo e sal e mar e rio e crepes-com-chantilly-e-chocolate e gambas-fritas e vento e tops e água-fresca e chupa-chupas e calor e hot-dogs e o-parque-verde e chinelos e gelados-de-baunilha e limonadas e biscoitos-caseiros e waffles e pipocas e sandálias e mp3 e livros e t-shirts e saídas e dormir-até-às-tantas e sardinhadas e feriados e algodão-doce e grelhados e janelas-abertas e esplanadas e calções-brancos e saladas e crepes-do-chinês e iogurtes e cafés e chop-soy e pudins e relva e mergulhos e gambas-com-alho e cinema e caracóis-ao-fim-da-tarde e groselha e marginais-com-palmeiras e pontes e bikinis e namorar-ao-fundo-da-escada e bolachas e sundaes e ventoinhas e noitadas e ice-tea e almoços e jantares e fotos e magnum-double e ananás e massa-fria e emanha e gambas-com-molho-de-ostras e beijinhos e sumo-de-laranja e música e claridade e dias-longos e noites-curtas e noites-em-claro e poucos-lençóis e longos-passeios e suor e cansaço...


...e creio que o Saramago acaba de reencarnar em mim. Deve ser do calor. Se eu também podia ganhar um Prémio Nobel a escrever sem pontuação decente? Podia, mas não era a mesma coisa.