2.25.2011

2
É que sobre toda esta história da "geração rasca" e "à rasca" só me apraz dizer duas coisas:



Uns são jovens e não sabem.
Outros são velhos e não se lembram.




2.23.2011

1
Ah, diz que eu é que sou ruim porque mandar vir é giro e tal... Pois é este o espírito!!


Pensar em reclamar.
Estudar o assunto para fazer reclamação.
Preparar reclamação.
Entregar reclamação.
E, enquanto se espera que a dita cuja seja apreciada, preparar reclamação à futura apreciação da reclamação entregue.


Sim, eu sou uma menina ao pé disto, mas pronto, aprendo claramente com os melhores. O meu pai anda a ir aos treinos. E está muito à frente! É ver os olhinhos dele brilhar! Ele quase sonha com reclamações.

Beware, meu povo, não se metam com o JP.

2.17.2011

2
Correcção:


O meu falso sádico, como eu amigavelmente gosto de me referir a ele.

Quer dizer, sádico ele deve ser, para ter feito o que fez. Só não é sádico sexual.
Ora bolas. Que desilusão.

(Um dia que tenha pachorra falo-vos da moral de preso. Que é do melhor.)

2.08.2011

1
Ensinamento do dia:



Vale mais um sádico sexual na prisão
do que um masturbador exibicionista na paragem do autocarro.

1
Em relação ao post anterior (é que não sei se estão a ver bem a gravidade da coisa)


"Epá então agora o gajo que eu estava a acompanhar não se quer matar? Bolas, não dava jeito nenhum, que é suposto eu utilizá-lo para o meu segundo seminário de estágio que é só em Maio..."


Mas eu juro que lá no fundo até sou uma pessoal sensível. Bem lá no fundo. Talvez tenham de cavar um bocado. Mas sou!

2.07.2011

4
A bem da tua boa imagem social, Red Maria...



Não...

. digas que queres casar com Dexter.
. deixes que as tuas amigas te dêem livros sobre violadores, estupradores, pedófilos e outros agressores sexuais como prenda de anos.
. digas "o meu sádico" quando te referes a um recluso homicida.
. dês pulos de contentamento quando sabes que foi transferido para ao pé de ti um homicida famoso chanfrado que cortou alguém às postas.
. refiras que te apetece bater em alguém com um pau cravado de pregos.
. fiques contente por poderes ficar à vontade com um recluso numa sala.
. digas assim levianamente "vou para a prisão".
. adjectives crimes hediondos com um "ah, afinal em Portugal também há destes!".
. digas "epá, eu também preciso de trabalho, né..." quando lês que 43 mulheres foram mortas em 2010 por violência doméstica.
. mandes mensagens esfuziantes ao apêndice a dizer "broca de osso!!" num dia mais trabalhoso de dentista.
. e tudo e tudo e tudo.

Basicamente não sucumbas ao teu humor negro. Que anda mais para o vermelho-sangue. É que pode parecer mal.
Ai que eu ando tão sádica que até mete dó.

2.05.2011

3
"Estou todo negro, mas com vontade de levar mais" *


(da série "os meus leitores só gostam dos títulos dos meus posts")


Este é não só o espírito sportinguista actual (go, Paulo Sérgio, go! -.- not.) mas também o espírito deste blog! Que é como quem diz, há 3 anos (e um dia, que eu sou uma dona desnaturada) a aparvalhar e ainda há gente que cá vem ler.


Happy birthday to THE Blog!
(Há 3 anos a fazer serviço público)



*Querido senhor Paulo Sérgio,
Como se já não lhe bastasse ter um nome desses (além de ainda ir a Bento), ainda me anda a fazer confidências destas para as televisões nacionais? Cada um gosta do que gosta. E eu não gosto de si. Assim como assim, esta parece-me a época perfeita para me dedicar à pesca submarina. Com cada afundanço que se faz praí... Ou ao futebol americano, que segundo o apêndice o superbowl é já este Domingo e há porrada e calções justinhos.