2.07.2011

4
A bem da tua boa imagem social, Red Maria...



Não...

. digas que queres casar com Dexter.
. deixes que as tuas amigas te dêem livros sobre violadores, estupradores, pedófilos e outros agressores sexuais como prenda de anos.
. digas "o meu sádico" quando te referes a um recluso homicida.
. dês pulos de contentamento quando sabes que foi transferido para ao pé de ti um homicida famoso chanfrado que cortou alguém às postas.
. refiras que te apetece bater em alguém com um pau cravado de pregos.
. fiques contente por poderes ficar à vontade com um recluso numa sala.
. digas assim levianamente "vou para a prisão".
. adjectives crimes hediondos com um "ah, afinal em Portugal também há destes!".
. digas "epá, eu também preciso de trabalho, né..." quando lês que 43 mulheres foram mortas em 2010 por violência doméstica.
. mandes mensagens esfuziantes ao apêndice a dizer "broca de osso!!" num dia mais trabalhoso de dentista.
. e tudo e tudo e tudo.

Basicamente não sucumbas ao teu humor negro. Que anda mais para o vermelho-sangue. É que pode parecer mal.
Ai que eu ando tão sádica que até mete dó.

4 Pessoas leram e ainda comentaram!

rosa disse...

Se não existisses tinhas de ser inventada...
Afinal mais ninguém consegue dizer tais coisas com o teu ar de banalidade... ;)

Cat disse...

Ah mas o humor negro.. it tastes so good! E é dificil de evitar. Eu fico em acabo por ficar em situações parecidas quando me refiro a coisas de medicina.. E as pessoas olham pra mim com ar de "aaaaahhh, nodja!" x)

I. disse...

Pau com pregos ferrugentos. Faltou o remate ;)

Ritinha disse...

depois eu é que quero espetar agulhas nos olhos... lol