7.01.2011

5
Exmos. Srs. Larápios:


Agradeço imenso a gentil atenção que haveis tido em não me estragar nada no carro. Fechadura intacta, luz de cima desligada (só para não gastar, que vocês são uns poupados), baixaram o banquinho de trás para me irem à mala mas puseram-no no sítio outra vez e até ajeitaram o forro do banco e ainda me arrumaram o triângulo de sinalização para um canto fofinho. Só tenho a agradecer. Limparam-me a mala do carro, portanto (levando o meu ilustre vermelhusco). Só tenho pena que não tenham limpo mais nada, já que tenho uma grande cagada no vidro do lado do pendura que dá um bocado mau aspecto ao meu veículo de guerra. Agradeço também que tenham sido rápidos. Já viram a chatice que era eu ter chegado à rua e visto uns gatunos dentro do meu carro a fanarem-me o portátil que tanto me esmifrei para comprar com o meu próprio dinheiro – que eu mal tenho – e que ainda anda a ser pago até ao final do ano? Isso sim era chato, que depois eu ia ficar em pânico, ia querer matá-los, ia querer deixá-los sair do carro só para pegar na minha máquina infernal e passar-lhes por cima, ia querer gritar desvairadamente “ladrão! Ladrão! Agarrem o ladrão!”, ia chamar a polícia, e quando o senhor barrigudo chegasse e analisasse as redondezas do alto da sua proeminência estomacal já os moçoilos teriam fugido com a minha maleta (claramente de gaja) debaixo do braço. E isso seria muito chato. Agradeço também que não tenham ficado pela zona do furto. É que se papai vos apanha ia-se-vos ao pescoço de tal maneira que bolas, o meu estágio na prisão já está a acabar e depois ia ser difícil vê-lo por lá.

Mas agora que vocês já viram que o meu carro se abre em 2 minutos sem deixar mossa alguma, que eu estagio na prisão e que o meu relatório tem 58 páginas de texto mais outras tantas de anexos (sim, o bicho ia na maleta também…), que eu tenho um extremo bom gosto para malas (sabem, seus cabrões, é que foi a última prenda de natal do sócio, heim? E esse vermelhusco foi comprado com o aval dele e fazia-me lembrar boas coisas, sabem? Além do trabalho e de todas as coisas – incluindo fotos valiosas, mas nem por isso badalhocas – que lá iam… Por isso haviam de morrer com um pau cravado de pregos cheios de tétano enterrado pelo rabo acima até sair pela boca que eu ainda ia bater palmas e lançar confetis) e para computadores também, que ele é lindo e red como eu, agora que sabem isso tudo, PODEM DEVOLVER-ME O MEU PORTÁTIL, SEUS FILS DE MERETRIZ?

Pois que de momento é só, muito agradecida e passar bem.

5 Pessoas leram e ainda comentaram!

Vegan Wolf disse...

que filme de terror. mais valia levarem o carro e deixar o portátil...

Close up! disse...

As minhas condolências!
Se me gamassem o portátil eu até acho que chorava!!!

Red disse...

eu chorei -.-'

I. disse...

Oh! Que cena, grande azar, pá! Eu também chorava, estrebuchava, berrava.
Por medo dessas merdas agora faço backups de tudo, e tenho as fotos na net (associadas a uma conta de gmail, e em privado, claro).
Beijinho.

Red disse...

opa pois, o que mais mechateia acho que sao as fotos mesmo, que os documentos principais eu tinha guardado e filmes series e afins estava tudo no disco externo. mas doeu-me tanto!!! aaaai :/