2.06.2012

4
Happy Birthday (atrasados) to the Blog, mas vamos seguindo para a frente, que atrás vem gente*


Ao meu pai aconteceu mais ou menos o que se passou com o António Sala (jogo da malaaaaaaa).

O António Sala (jogo da malaaaaaaa) prometia ficar sem bigode para um Benfica campeão europeu (um bigode vitalício desde os anos 60, portanto); o meu pai conta pelos dedos de uma mão as vezes - quase todas acidentais - que ficou sem pelichos em cerca de 40 anos de bigode. Digo que lhe aconteceu mais ou menos o que aconteceu ao António Sala (jogo da malaaaaaaa) porque vá, graças a Deus não foi para imitar o José Cid (que isso haver um já é suficiente). O que aconteceu ao meu pai foi mais um acidente, daqueles acidentes que transformam um bigodaço num bigodinho, uma árvore carregada numa árvore desfolhada, um bigode à Estaline num bigode à Hitler:

Apara aqui, apara ali, apara mais um bocadinho, oh deste lado está mais aparado, deixa pôr igual no outro, oh agora foi este, ai o caraças, agora foi demais em cima, agora cortei demasiado em baixo, agora tenho uma ponta maior que a outra, deixa lá aparar igual, AI A PORRA QUE AGORA PAREÇO O CHARLIE CHAPLIN! Deixa-me mas é cortar o resto antes que passe vergonha na rua.

Mas ei, pai, isto não é escárnio e maledicência, é solidariedade pura: Volta bigode, estás perdoado.



*ou como perder um bigode de 40 anos em 2 minutos.

4 Pessoas leram e ainda comentaram!

Tweety disse...

O meu quando se casou ja tinha bigode, portanto no minimo tem bigode á 30 anos. Ele é um bocadinho descuidado com ele, mas so esteve uma vez sem ele e a culpa foi minha.
Comecei a berrar pela casa toda para o meu pai cortar o bigode, e ele fez a vontade á filha :D mas logo o deixou crescer :(

Red disse...

o meu sem bigode... não é o meu pai ;)

Tweety disse...

Concordo...naquela altura quando vi o bigode crescer fiz birra, chorei, quase que fiz greve de fome...hoje quero ve-lo sempre de bigode :D

JP disse...

Papai sofre sempre!
Ou porque apára os "pelichos" indevidamente e é, por força da circunstância, obrigado a uma correcção radical eliminando os ditos na totalidade aguardando que melhores dias venham (mais "pelichos"); ou porque, após o acto, sente o seu lábio superior desnudo, transfigurado, mutilado até, com a falta de tão importante adorno capilar.
Ainda assim papai fica grato com todas as manifestações de solidariedade que lhe vão chegando, desde as que surgem das mais remotas paragens, até às que sobem da vizinhança do primeiro andar situado nas entranhas do prédio onde vive ou, ainda, as que despontam das faldas da serra, lá prás bandas de lousã city :)

PS.
Logo pela manhâ quando papai se olha ao espelho vai pensando com os seus botôes a propósito da gataria que deambula pelos parques de estacionamento sitos ao redor da sua rua: pobres bichanos! Se um dia vos virdes despojados dos vossos belos, garbosos e insubstituiveis bigodes, não queirais saber quão triste e desbotada será a figura que apresentais ao mundo. Pobrezinhos de vós... e pobrezinho de mim!
Que triste figura a nossa!!!